Maciço de Gericinó

Dos três grandes maciços encontrados na cidade do Rio de Janeiro, este é o que não está completamente nos limites da cidade, visto que a maior parte dele se encontra nos municípios de Mesquita e de Nova Iguaçu.

Está localizado no extremo setentrional da região carioca e tem como ponto culminante o Pico do Guandu, com 964m de altitude, situado ao norte do Morro do Gericinó, que tem altitude de 887m. Apresenta uma orientação NE-SW, tem seu flanco meridional abrupto, caindo suavemente para norte.

O Maciço de Gericinó é constituído, de modo geral, por gnaisses, cortados por veios e diques de fonolito; encontramos também vários afloramentos de rochas alcalinas: sienito, nefelínicos e foiaito; principalmente no Morro do Marapicu.

Além das rochas alcalinas, também são encontrados tufos vulcânicos na nascente do Rio Guandu do Sapê, em Campo Grande, assim como bombas vulcânicas; portanto, comprova-se a existência de uma chaminé vulcânica entre os Morros do Manoel José e do Guandu.

Na Serra de Madureira, em Nova Iguaçu, encontramos a Pedreira Irmãos Vigné Ltda., que é formada por um stock de sienito, cortado por diques de fonolito e  traquito, e a Pedreira Santo Antonio, que é formada por granito intrusivo no migmatito, este cortado por diques de traquito e de basalto amigdalóide; no Morro de Marapicu, no norte do maciço, existem grandes blocos de foiaito.

Na Serra de Madureira encontramos uma cratera vulcânica, descoberta recentemente, que está situada no Parque Municipal de Nova Iguaçu, e que terá o nome trocado para Geopark.

Conforme afirmava Lamego, a origem geológica do Município do Rio de Janeiro corresponde aos sistemas de falhas que, trabalhando abruptamente a costa, cortou de maneira idêntica cerca de 40km para o norte as grandes escarpas da Serra do Mar.

Portanto, a origem da maior parte do Gericinó corresponde à era Cenozóica, no período Terciário.

Conclui-se que não só este maciço mas todos os outros da cidade do Rio de Janeiro são expansões da Serra do Mar, que no seu deslocamento para o sul do Brasil recebe o nome de Mantiqueira e depois Geral.

Neste maciço, na vertente para o Rio de Janeiro, foi criado o Parque Natural Municipal do Mendanha, e na parte voltada para Nova Iguaçu foi criado o Parque Municipal de Nova Iguaçu, na Serra de Madureira.

Maciço do Gericinó: serras e morros

Do Marapicu (entre o bairro de Campo Grande, a antiga estrada Rio-São Paulo, o Município de Nova Iguaçu e o Rio Guandu do Sapê)

Morros Altitude (m) Bairro (s)
do Marapicu 632 Campo Grande
do Vieira 276 Campo Grande

Do Manoel José/Serrinha (formadas por pequenos morros entre o Rio Guandu do Sapê, as Serras do Marapicu e do Mendanha em  Campo Grande)

Morros Altitude (m) Bairro (s)
do Manoel José 303 Campo Grande
do Mariano 247 Campo Grande
do Salvador 172 Campo Grande
da Boa Vista 138 Campo Grande
da Marinha 101 Campo Grande

Do Mendanha (alinhamento elevado da vertente meridional do maciço; estende-se do bairro de Campo Grande até Bangu, junto aos vales dos Rios Mendanha e Guandu do Sena)

Morros Altitude (m) Bairro (s)
Pico das Furnas das Andorinhas 914 Campo Grande
do Gericinó 889 Bangu
do Guandú 744 Campo Grande
do Capim Melado 436 Bangu
do Boqueirão 165 Bangu
do Curangoba 124 Campo Grande

De Madureira (limite municipal com Nova Iguaçu, apresentando  um cume arredondado e vertentes íngremes e é separada da Serra  do Mendanha pelo profundo vale do Guandu do Sapê onde se estende a reserva florestal do Mendanha)

Morro Altitude (m) Bairro (s)
Pico do Guandú 974 Campo Grande

Branca (próxima a Presidente Juscelino, em Nova Iguaçu)

Morro Altitude (m) Bairro (s)
Observação: dado ainda não coletado Observação: dado ainda não coletado Presidente Juscelino