Unidade 2 - Dinâmica interna

3. Falhas

3.1. Conceitos

Ocorrem devido à contínua busca de equilíbrio que se processa entre as rochas desde sua formação. É uma fratura que ocorre nas rochas com subsequente deslocamento dos blocos resultantes.

Quando só ocorre a fratura, estamos diante de uma junta ou diáclase. As falhas podem ocorrer devido ao:

Animação

3.2. Elementos da falha

A - Plano de falha → Superfície decorrente do falhamento.

B - Linha de falha → Linha de contato entre o plano de falha e a superfície do bloco que desceu.

C - Lapa ou muro → Bloco situado abaixo do plano de falha.

D - Capa ou teto → Bloco situado acima do plano de falha.

E - Rejeito → Medida do deslocamento de um bloco ou dos blocos.

3.3. Movimento dos blocos (tipos)

3.3.1. De translação → não perde o paralelismo após a falha.

3.3.2. De rotação → perde o paralelismo após a falha pois pelo menos um bloco sofre giro.

Animação

3.4. Rejeitos (medida do deslocamento de um bloco ou dos blocos).

3.4.1. No plano de falha

Animação

3.4.2. Na vertical

Animação

Obs.: Na mesma falha teremos medidas diferentes para o rejeito; portanto, ao indicar o valor do rejeito teremos que especificar se o valor é no plano de falha ou na vertical.

3.5. Classificação das falhas

3.5.1. Normal ou de gravidade

O teto baixa em relação ao muro (devido a esforço de tensão).

3.5.2. Inversa ou de empurrão

O teto sobe em relação ao muro (devido a esforço de compressão)

3.5.3. Acavalamento

É um tipo particular de falha inversa, na qual o plano de falha tem inclinação menor que 10º

Nesta falha o teto cobre completamente o muro.

3.5.4. Horizontal ou de cizalhamento

Animação

3.5.5. Vertical

Não ocorre formação de teto nem de muro; apenas um bloco sobe ou desce.

Animação

3.6. Sistema de falhas

Estamos diante de um sistema quando ocorrer mais de uma falha.

3.6.1. Graben ou fossa tectônica

É uma depressão estrutural. Ocorre quando as capas descem em relação às lapas.

Animação

3.6.2. Horst ou muralha tectônica

É uma elevação estrutural. Ocorre quando as lapas sobem em relação às capas.

Animação

3.7. Efeitos do falhamento na topografia

3.7.1. Escarpa de falha

3.7.2. Escarpa de linha de falha

3.7.3 Vale de falha

3.7.4 Sequência de morros

Animação

3.7.5 Mudanças bruscas de solo e vegetação

A vegetação depende do solo. O solo depende da litologia e do clima.

Animação

Observações:

3.8 Feições geológicas decorrentes de falhamentos

3.8.1. Descontinuidade das câmaras

3.8.2. Omissão das camadas

A omissão de camadas ocorre em falhas normais ou de gravidade.

3.8.3 Duplicação de camadas

A duplicação de camadas ocorre em falhas inversas ou de empurrão.

3.8.4 Brecha de falha

É um tipo de rocha sedimentar clástica, formada na zona de falha. Apresenta sedimentos grosseiros e angulosos unidos por um cimento.

3.8.5 Milonito

É um tipo de rocha sedimentar de granulação finíssima, de cor escura, resultante do atrito entre os blocos, cimentada por soluções ascendentes, geralmente portadora de minerais úteis.

3.8.6 Drag de falha

As camadas junto ao plano de falha tendem a tomar a direção do plano de falha, formando pequenas dobras.

Essas dobras indicam o sentido do deslocamento.

Animação