Biblioteca
Tecnologia

Como utilizar o Twitter nas escolas

J. J. de Haro

Professor, autor do blog Educativa

Traduzido por Juliana Carvalho

Apesar da sua versatilidade, são muito poucas as escolas que utilizam o Twitter como meio de comunicação para dar informações gerais a seus alunos e familiares. Durante o último ano, o Twitter teve enorme crescimento e já começam a ser numerosos os professores que o utilizam. Entretanto, as escolas são muito mais inertes e mais lentas para tomar esse tipo de decisão.

Neste artigo trataremos exclusivamente do uso do Twitter como meio de comunicação em termos educativos, para oferecer informações de secretaria, entre outras.

Benefícios da utilização do Twitter

O microblogging, como se denomina o uso das mensagens curtas do Twitter e outros serviços similares, pode trazer uma série de benefícios para a escola, como dispor de um meio de comunicação vivo, em tempo real e prático para toda a comunidade educativa; com isso, trazer sentimento de proximidade dos usuários com respeito à escola e a imagem de uma escola que se preocupa com seus clientes no dia a dia, algo que é muito apreciado.

O que fazer com o Twitter

Ainda que a versatilidade desse microblog deixe várias possibilidades abertas à imaginação e capacidade de inovação de cada escola, sugerimos alguns de seus possíveis usos: canal de notícias em tempo real para a comunidade educativa, com aviso sobre a publicação de boletins informativos periódicos, informações do momento, como fotografias publicadas na Internet, atualizações do site ou publicações no blog da escola ou outros meios, informações de caráter mais oficial, como bolsas, datas de provas e testes, agenda e lembrete de eventos como reuniões ou encontros.

O Twitter pode ajudar também a estabelecer uma comunicação bidirecional entre a escola e a comunidade educativa. Diferentemente de um fórum de discussão, por exemplo, o alcance do Twitter está restrito aos seguidores de cada usuário; por isso, essas mensagens têm alcance muito mais limitado. Assim, o Twitter está especialmente indicado para as escolas que não desejem estabelecer um diálogo público.

O Twitter permite o estabelecimento de um canal de notícias mediante a publicação da informação nas páginas web. Isso permite aumentar a visibilidade das atividades da escola.

Erros que devemos evitar

Não se deve utilizar o Twitter como meio de comunicação exclusivamente unidirecional, de um para muitos. Deve-se estar disposto a manter um diálogo com os seguidores. O Twitter também não deve ser considerado um meio automatizado para distribuir noticias. Se por trás da conta não houver pessoas, apenas se conseguirá que ela seja considerada como uma fonte de spam por seus seguidores. Infelizmente, algumas escolas abusam de serviços automáticos para a difusão de noticias, e, por isso, é percebida como totalmente desumanizada. Isso influencia negativamente na imagem da escola.

Durante o decorrer do curso, deve-se evitar estar mais de dois ou três dias sem dar sinais de vida, já que se pode transmitir uma imagem de desleixo ou abandono muito negativa.

Um bom uso do Twitter

É preciso evitar a todo custo cair nesses erros, estabelecendo um equilíbrio entre os sistemas automáticos de difusão de informação e o uso personalizado da conta do Twitter.

É necessária a intervenção humana direta através da conta do Twitter para evitar sua desumanização e poder atuar e dialogar com os seguidores. Não há nada pior que deixar a representação de uma escola exclusivamente nas mãos de uma conta “robô”.

Mensagens programadas. Existem serviços que permitem programar mensagens para serem enviadas no dia e na hora desejados. Esses serviços são especialmente úteis para atuar como lembrete e agenda de eventos da escola.

Concentração e difusão de informação. Existem serviços que permitem utilizar os canais RSS e os direcionam ao Twitter. Esses canais RSS podem ser praticamente de qualquer coisa na Internet: blogs, vídeos, fotos etc. Desse modo, podem ser agrupados os diferentes sistemas usados pela escola para concentrá-los mediante um desses serviços e redistribuí-los por meio da conta do Twitter. Existem muitos serviços que podem realizar essa função. Como já foi dito, é importante não abusar desse sistema.

Utilizar um cliente para o Twitter para que avise sobre a chegada de mensagens novas e, assim, ter que atualizar a página do Twitter continuamente.

Completar o perfil com uma descrição e um link para a página da escola, já que é necessário que os que seguem o Twitter da escola saibam quem é que está por detrás daquelas informações. Ao mesmo tempo, vale a pena utilizar algum serviço para saber o que se fala no Twitter sobre as páginas web da escola.

Publicado em 5 de outubro de 2010